Teste comparativo: rendimentos dos robôs de investimentos


ATENÇÃO!
A atualização de janeiro de 2024 desse post será a última para as carteiras dos robôs de investimentos. Veja as razões no texto escrito no meio de dezembro de 2023.
Deixarei esse texto por motivos históricos e como (e porque), um dia, as carteiras geridas por robôs de investimentos foram um dia consideradas para integrar meu portfólio.
A análise cobre um período de 65 meses, desde agosto/18 a dezembro/23.


Em julho de 2018, iniciei um experimento com as fintechs que usam, ao menos parcialmente, robôs de investimentos para gerenciar a alocação dos ativos nas carteiras digitais de seus clientes.

O processo inicial de criação das carteiras, comentários sobre as plataformas e algumas reflexões sobre essa modalidade de investimento, estão no artigo “Teste comparativo de gestores digitais e seus robôs: qual é o melhor?“. Aqui, compartilho o histórico atualizado da rentabilidade de cada portfólio gerido pelos robôs de investimentos e a experiência do investidor em seu acompanhamento.

A partir de outubro/20, os leitores poderão sentir falta do Ueslei, robô de investimentos da Vérios. Nesse texto, comento as razões da gestora digital ter saído da comparação em setembro de 2020.

Teste comparativo dos rendimentos dos robôs de investimentos. Qual o melhor? Vale a pena?
Qual o melhor robô de investimentos para gerenciar sua carteira?

Alocação dos ativos e acompanhamentos das carteiras de investimentos

O quadro abaixo resume a alocação percentual em renda fixa e renda variável em cada gestora digital no período. Esses percentuais vêm se mantendo constantes, uma vez que definimos nossa carteira de investimentos com base no percentual alocado à renda variável na carteira de investimentos (em torno de 1/3 do total).

Alocação nas carteiras de investimentos dos robôs de investimentos

Nesse período, ocorreram pequenas variações de alocação, inseridas dentro da estratégia de rebalanceamento pelos robôs de investimentos, que envolvem a análise do percentual de variação e custos de movimentações, além de novos aportes:

  • Na Magnetis, há uma parcela relevante da carteira (de 18 a 20%) em fundos multimercados (como SPX Nimitz e Giant Zarathustra) com alocações acessíveis no app. Um levantamento feito em abril e maio de 2020 pela própria gestora apontou cerca de metade dos investimentos alocados em renda variável, e colaboravam com cerca de 7% desses ativos na carteira geral. Outros pilares de sua carteira de renda variável são dois fundos que investem basicamente em ETFs de ações brasileiras (SMAL11 e BRAX11) e norte-americanas (VGT e SP&500), além do fundo Forpus. É a única que deixa claro um pequeno percentual alocado em opções de venda (PUT) (inferior a 0,5%) e alocações em criptoativos (cerca de 1%). O cliente precisa definir no seu cadastro a operacionalização do rebalanceamento automático. Se não definir, ele será feito somente através de novos aportes.

  • Na Mobills (antiga Monetus), a composição da renda variável está entre 32% a 35%, consolidada através de um fundo de ações que investe em ações brasileiras e americanas, cujo percentual varia bastante através de uma gestão ativa e com taxa de administração padrão (2% + 20% de performance). A renda fixa é distribuída em dois fundos: um fundo de fundos de renda fixa (maior percentual em Tesouro Selic, mas que já foi forte em crédito privado) e um fundo de fundos de debêntures incentivadas (RB Capital e Brasil Plural). Na Monetus, o rebalanceamento realizado pelos seus robôs de investimentos pode ser configurado para ser feito de forma totalmente automática através de um slider na sua plataforma (detalhes adiante).

  • Warren mantém um percentual alocado em renda variável entre 32% e 34%, semelhante à Monetus. Historicamente, o fundo é mais exposto em ações americanas (índice futuro do S&P500) que ações brasileiras: é uma forma alternativa de colocar um pezinho no exterior. O rendimento vinculado às condições da economia norte-americana é o maior entre todos os robôs investidores. O fundo de renda fixa investe em títulos do Tesouro Direto e uma pequena parte em títulos privados, e entrega uma rentabilidade próxima a 100% do CDI. A Warren precisa ser avisada caso você deseje o rebalanceamento: apenas nos novos aportes o processo é automático.
Amazon Prime: teste gratuitamente e assine!
Pensando em assinar o Amazon Prime? Veja aqui se vale a pena!

Antes de mostrar a evolução dos rendimentos mensais, seguem alguns comentários sobre a experiência no acompanhamento do portfólio, que são atualizados conforme as gestoras digitais implementem novidades em suas plataformas.

Magnetis

Na Magnetis, você possui apenas acesso a uma plataforma no smartphone. No desktop ela foi descontinuada em 2021. Ela entrega as informações de rendimento da carteira em valores brutos (reais) e em termos percentuais do portfólio desde o início de sua confecção. O retorno é oferecido também de forma segmentada nos três pilares que compõem a carteira: renda fixa, renda variável e multimercados.

O saldo apresentado já é descontado dos custos da gestora, porém não considera abatimentos de impostos. Assim, para conhecer o saldo líquido é necessário consultar a gestora por e-mail ou chat. Os depósitos são feitos através da transferência de valores para uma conta do banco B3 com a titularidade da Magnetis.

O gráfico interativo oferece uma ferramenta útil: a comparação com cinco benchmarks – poupança, Ibovespa, IBrX100, IMA-B e CDI, embora seja permitido usar apenas um simultaneamente na tela, junto ao rendimento da carteira digital.

A janela temporal do gráfico ainda permite escolher a visualização tanto do rendimento acumulado quanto o rendimento do ano e mês em vigor, além dos últimos 6 e 12 meses.

Mobills

A Mobills possui um acompanhamento semelhante à Magnetis, com rendimentos percentuais e brutos, em reais, da carteira de investimentos. Também os separa nos pilares de renda fixa e variável. Porém possui uma praticidade maior ao mostrar diretamente o saldo líquido de seu investimento, já descontado dos custos e impostos, com apenas um click no link “valores”.

O gráfico oferece comparação com a poupança e CDI, ou seja, expõe o mesmo desafio de rentabilidade que existe na Magnetis, exceto pela comparação com o índice Ibovespa, que não existe nem no gráfico de rentabilidade do pilar de renda variável do portfólio.

A partir de agosto de 2021, não é mais necessária a transferência para uma conta de titularidade diferente. A fintech se integrou ao SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) e oferece uma conta em seu próprio nome. Os investimentos são feitos no mesmo dia se o TED for realizado pela manhã.

Desde 2019 a Mobills, anteriormente como Monetus, disponibilizou dois fundos de fundos (multimercado e debêntures incentivadas) e permitiu que os clientes alterassem automaticamente a composição de sua carteira de investimentos. A partir dessa data a composição da carteira ficou como abaixo, preservando o pilar de renda variável de 33%.

Carteira de investimentos da Monetus - alocação dos percentuais
Carteira operada pelo robô de investimentos da Mobills

Warren

Na plataforma de acompanhamento, podemos avaliar o rendimento da carteira de investimentos da Warren nos últimos 30 dias ou por todo o período de investimento. Da mesma forma que a Mobills, é possível consultar o saldo bruto e o líquido. Os rendimentos também são entregues separadamente no pilar de renda fixa e renda variável, e nesse, divididos em ações no Brasil e nos EUA.

A nova plataforma da Warren, entretanto, engessou a comparação das rentabilidades com os demais indicadores: é possível compará-las apenas com o CDI. Ser melhor do que o CDI, nessa época de juros baixos, não faz, necessariamente, uma carteira de investimentos possuir um bom rendimento. Inaugurou, entretanto, a possibilidade de investir em ativos individuais, trazendo a Warren uma funcionalidade essencial para começar a ser chamada de “corretora de valores”.

A Warren está integrada ao SPB (Sistema de Pagamentos Brasileiro) desde o final de junho/20. Assim, o investidor possui uma conta de sua titularidade onde pode direcionar seus depósitos. Como na Mobills, já fiz vários depósitos sem quaisquer problemas, cujos investimentos foram efetivados no mesmo dia, caso a TED seja feita pela manhã.

Remessa Online - cupom de 15% de desconto
Acesse por esse link rastreável: agora é tudo automático na sua tela.

O benchmark principal: o IPCA + 5%

O estabelecimento desse indicador partiu de alguns debates e conversas com algumas pessoas da finansfera, como o Guilherme, do blog Valores Reais. No patamar que se encontra o CDI, não tem sentido usá-lo como um fator de comparação para as carteiras operadas pelos robôs de investimentos e quaisquer fundos do mercado financeiro.

Dependendo da faixa de imposto de renda em que se situa seu portfólio, a taxa de juros reais da economia encontra-se ainda abaixo da inflação e tende a se manter nesse patamar durante todo o ano de 2021. Logo, precisamos de um indicador mais robusto a ser batido.

Escolhi, ao menos por ora, o IPCA com um acréscimo de 5% ao ano de juros. Como comentei anteriormente, se é mais importante poupar ou investir bem, 5% é uma taxa de juros razoável para pensarmos em crescimento de uma carteira de longo prazo. A taxa é usada também como referência por gestores de private equity.

Vale a observação de que, nos primeiros dias da atualização das rentabilidades (primeira semana mês), o indicador usado no mês anterior é o IPCA-15, visto que o IPCA sai somente ao final da primeira semana do mês. Na atualização seguinte, corrijo o dado do último mês, de forma que apenas o indicador do último mês terá uma pequena variação. Na rentabilidade acumulada, a diferença é irrisória.

As rentabilidades dos robôs de investimentos

Taxa Interna de Retorno (TIR)

As rentabilidades das carteiras operadas pelos robôs de investimentos são calculadas através de planilhas eletrônicas usando a metodologia da taxa interna de retorno (TIR), e não pelo seu retorno nominal. Essa é a melhor forma de cálculo, uma vez que que o volume de cada aporte interfere no retorno final do patrimônio.

Imagine, por exemplo, que você investiu R$ 100,00 em um fundo e no primeiro ano ele dobrou de valor. Você ganhou, nessa operação, 100% brutos, e agora possui R$ 200,00 no fundo, correto?

Em seguida, você investe, alegremente, R$ 1000,00 no mesmo fundo, e, no segundo ano, sua rentabilidade foi 0%. Ao final dos dois anos, o retorno nominal do fundo, continua em 100%, concorda? Porém, sua rentabilidade é muito menor, já que você possui R$ 1.200,00 no fundo, tendo investido R$ 1100,00 nos dois últimos anos.

Assim, para fazer frente a essa realidade, o melhor método de cálculo é a TIR, que mostra também a resiliência das rentabilidades das carteiras de investimento, uma vez que mostra o retorno aos cotistas da estratégia ao longo do tempo, após vários aportes.

Considerações adicionais

O acompanhamento das carteiras digitais com os robôs de investimentos começou em agosto de 2018. Logo, nesse ano os números compreendem apenas cinco meses.

A partir de outubro de 2020 a rentabilidade da Vérios parou de ser contabilizada, uma vez que ela saiu da comparação. Até o ano de 2022 eu a mantive no histórico, mas acredito que não faça mais sentido. Apenas mantenho a informação de que, até setembro de 2019, ela liderava o ranking de rentabilidade, menos por méritos próprios (pois seus números ainda estavam bem abaixo do IMA-Geral (1,44% contra 2,44%) e mais pela má performance no período da renda variável, presente apenas nas demais gestoras digitais. Após esse período, ela ficou em segundo lugar até sua extinção.

Panorama atual

A renda fixa brasileira nos últimos meses vem se apoiando no CDI, que, com a baixa da inflação, segue entregando bons juros reais após o mês de junho. O indicador no primeiro semestre fechou em 5,30%. Já o IMA-Geral, índice médio de todos os índices de renda fixa calculados pela AMBIMA, vem apresentando um desempenho bem pior, acumulando apenas 2,42% no período, prejudicando as carteiras de investimentos, em especial, a carteira ativa, mais carregada em títulos de longo prazo.

O mês de junho mostrou uma interrupção das quedas do Ibovespa e uma interrupção das altas do IFIX, com uma contínua valorização dos índices americanos. No acumulado, a bolsa brasileira ainda cai 7,66% no semestre e a americana sobe 14,48%. O IFIX, com a desvalorização de mais de 1% em junho, diminuiu sua rentabilidade a apenas 1,09% nesses últimos seis meses.

Os ativos dolarizados fecharam, novamente, com variações positivas. O ouro sem hedge, ou seja, calculado em reais, sobe 30,01%, com a nova valorização em junho. O dólar, 15,36%. A cesta de criptomoedas HASH11, baseada na NCI e convertida ao real marca ainda, apesar da queda mensal, ainda registra um rendimento expressivo de 59,39% após a cobrança das taxas do ETF e está sendo determinante para a boa rentabilidade da carteira completa de ETFs.

Nosso benchmark, o IPCA +5%, subiu 5,26%, alinhado ao CDI (5,30%). Aguardemos os próximos movimentos dos juros americanos nesse ano e esperar algum ato racional desse governo (utopia?) no campo fiscal para ver se será possível uma maior recuperação dos ativos variáveis e de renda fixa brasileiros em 2024.

Teste comparativo: rendimentos dos robôs de investimentos 1

Como no ano os mercados acionários fecharam com uma boa valorização, a Mobills foi a vencedora com uma rentabilidade de 18,11%, sendo seguida de perto pela Warren, com 17,17%. A Magnetis, apesar da boa performance da renda variável e renda fixa, marcou um número muito insatisfatório: 11,88%.

Nesse ano, em que todas as carteiras ficaram acima do CDI, a Magnetis foi a única que não atingiu esse objetivo, embora tenha ficado acima do benchmark de referência. Veja as rentabilidades acumuladas logo abaixo.

Rentabilidades dos robôs de investimentos

A comparação entre as carteiras é apresentada sob duas formas: no gráfico abaixo com base inicial 100 ao lado de dois benchmarkings para confrontação: o CDI e o IPCA + 5% e pela tabela subsequente com os valores anualizados. Neles, já estão computadas as taxas de administração cobradas pelas gestoras digitais.

Apesar de priorizar o bechmark IPCA + 5% nos meus planejamentos, mantenho a comparação com o CDI, uma vez que ele ainda é importante no sentido de que títulos privados, como CDBs e LCIs são ofertados com esse indicador e podem servir de base de comparação com outros fundos de investimentos do mercado financeiro.

Rendimentos das carteiras digitais x benchmark
Rendimentos das carteiras digitais x benchmarks – Acumulado
ColocaçãoGestora201820192020202120222023Total
Warren-1,02%13,99%5,24%5,72%5,32%17,17%54,95%
Magnetis0,77%11,46%0,93%7,45%4,84%11,88%42,94%
Mobills4,57%17,17%6,10%-1,98%-5,09%18,11%42,85%
BenchmarkIPCA + 5%3,10%9,91%10,12%15,57%11,13%9,83%76,07%
BenchmarkCDI2,57%5,67%2,56%4,38%12,39%13,04%47,41%

Nesses 65 meses, o índice Ibovespa acumula uma valorização de 69,38% e o S&P500, de 69,37% (sim, esses são os números!). O CDI rentabiliza 47,41%, enquanto o IPCA + 5%, variou 76,07%.

Embora a Mobills tenha iniciado a série em vantagem, ela foi ultrapassada em 2021 pela Warren que nunca mais saiu da liderança e fechou o período com 54,95%, performando 72,23% do IPCA+5% e 115,90% do CDI.

A Magnetis assumiu a segunda posição em 2022 e quase perdeu no final de 2023 com a baixa performance do ano, frente a um bom momento dos mercados financeiros. Fechou o período com uma rentabilidade acumulada de 42,94%. A Mobills (42,85%) aproximou-se da Magnetis nos últimos meses de 2023 com a melhor performance da renda variável e quase ficou com o segundo lugar. Ela é a gestora que apresenta a maior volatilidade, concentrando sua carteira de renda variável em stock picking, sem uso de ETFs.

Nenhuma gestora performou, nesse período, acima do benchmark de inflação. É verdade que tivemos um período de inflação elevada antes de 2023 o que prejudicou a performance comparativa. Mas também é verdade que, comparativamente com as demais carteiras do blog, os robôs nunca tiveram um desempenho de destaque.

Em seguida, confiram tabelas interativas mais detalhadas, onde é possível checar a rentabilidade mensal de cada gestora (ou índice), seja por comparação entre elas, como pelo histórico mensal.

Tabelas interativas do desempenho das carteiras digitais e seus robôs de investimentos

Dúvidas, opiniões, objeções? Deixe-as nos comentários abaixo que terei o maior prazer em respondê-las.

Explore mais o blog pelo menu no topo superior! E para me conhecer mais, você ainda pode…
assistir uma entrevista de vídeo no YouTube
ler sobre um resumo de minha história
ouvir uma entrevista de podcast no YouTube
participar de um papo de boteco
curtir uma live descontraída no Instagram
… ou adquirir um livro que reúne tudo que aprendi nos 20 anos da jornada à independência financeira.

E, se gostou do texto e do blog, por que não ajudar a divulgá-lo em suas redes sociais através dos botões de compartilhamento?

Artigos mais recentes:

4.8 25 votes
O texto foi bom para você?
Assine para receber as respostas em seu e-mail!
Notifique-me a
guest
102 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Erick
Erick
2 anos atrás

Venho acompanhando seus posts de uns meses pra cá, e queria passar aqui só agradecer pelas análises que você faz!

Abraços!!!

Lucila
Lucila
2 anos atrás

andré, obrigada pelo conteúdo!
gostaria de ouvir sua opinião sobre as mudanças recentes na magnetis, com abertura de uma corretora própria, etc.
obrigada!

Simplicidade e Harmonia
2 anos atrás

André,

Os valores acumulados entre Ibovespa e IPCA + 5 que estão praticamente empatados em 40% mostra bem a importância da diversificação.

Meus novos aportes estão mais voltados para a renda fixa, pois considero as taxas atuais bem interessantes, além do risco ser bem menor.

Boa semana!

Jacy
Jacy
2 anos atrás

Muito bom seu post Andre, é bom saber das diversas opções de investir de forma passiva. Valeu

Diego Paiva
Diego Paiva
2 anos atrás

Olá Andre! Muito obrigado pelo otimo conteúdo. Sou novo no mundo dos investimentos e acabo de ser pego no contrapé com o termino da operação da Verios. Nem dois meses de investimento e pimba! Confesso que fiquei bem bolado com toda a situação. Achei quase desonesto aceitarem um cliente nesse modelo para um serviço que els certamente já sabiam que iam encerrar! Agora, estou na busca de um novo robo pra chamar de meu, depois que conseguir liquidar meus investimentos na Verios/Easy (agora Nu invest). Estava bem na duvida entre Monetus (retorno maior) e Warren, aquele segundo lugar solido (com… Leia mais »

Diego Paiva
Diego Paiva
Reply to  André
2 anos atrás

Caro Andre, obrigado pelo retorno e pelas sugestões! Tenho quebrado a cabeça esses doas pensando para onde migrar, mas achonque finalmente decidi ir para a Warren. Cheguei a ligar para a Monetus para entender melhor a posição deles com a entrada da Toro e a ligacao foi bem interessante/curiosa. Primeiro, pq esperava cair num menu de teleatendimento, mas cai direto na mesa de alguem. Estranhei um pouco e ate questionei no final da ligação. Me disseram que esse era o estilo Monetus, sempre perto do cliente. De fato, fui muito bem atendido. Todas as minha duvidas foram esclarecidas com bastante… Leia mais »

Bilionário do Zero
Reply to  André
2 anos atrás

Eu conheci alguns dos fundados da Warren, trabalhavam na XP no tempo que eu era AAI lá também. São gente boa!

Diego Paiva
Diego Paiva
Reply to  André
2 anos atrás

Andre,
uma ultima pergunta que esqueci na minha reaposta anterior. No caso da Monetus e da Warren, de 1 a 5 (sendo 1 o mais conservador) qual seria a classificação do seu perfil que resultou na montagem de cada carteira automatica? Entendo que esse “resultado” tem impacto direto na carteira sugerida e, consequentemente, nos rendimentos, certo?
vi que você apresentou im quadro com as variações de porcentagem de alocação, mas seria legal saber se voce esta no perfil moderado (3 por exemplo) ou “agressivo” (5) em cada uma delas.
obrigado mais uma vez! Abs

Lucas Áquila
Lucas Áquila
Reply to  Diego Paiva
2 anos atrás

Pois é. Até quem era cliente Vérios a mais tempo foi pego de surpresa. A princípio eram só notícias positivas da Easynvest comprando a Vérios, porém, quando entrou Nubank na coisa, o jogo virou e adeus robôzinho. rs Respondendo ao André, a Vérios abriu um formulário onde você pode decidir se deseja resgatar seus fundos ou manter aplicado por conta própria na Easynvest (Nu Invest agora). No caso como a Vérios trabalhava apenas com Tesouro Direto e ETFs, você pode escolher entre estes tipos quais deseja resgatar. Uma coisa é fato, a Vérios já vinha se empurrando até pela falta… Leia mais »

Deny Dias
2 anos atrás

Olá, André! Dias difíceis no mercado, hein? Mas vamos que vamos…

Não sei se você recebeu, mas a Monetus enviou email para os clientes informando a implementação da tão pedida conta de mesma titularidade. Começa a funcionar na segunda (09/08/2021).

É o fim daquela operação temerária de enviar recursos para investimento na conta da Amaryl Franklin!

Essa eu gostei, hein!

Anônimo
Anônimo
2 anos atrás

Excelente conteúdo!!! Estava pensando em fazer exatamente isso….Já me adiantou bastante!!! Obrigado

Anônimo
Anônimo
3 anos atrás

Essas rentabilidades são das carteiras mais arrojadas?, pois cada gestora tem varios tipos de carteiras.

Voando Abaixo do radar
3 anos atrás

Oi André,

Notei que no seu gráfico acumulado, apenas a Monetus (40,6%)superou o benchmark (IPCA+5% que foi de 30,19%). Você pretende fazer alguma gestão nessas alocações?

Enquanto tiver essa instabilidade sanitária haverá oscilações fortes nos ativos financeiros.

Você já tem resultados dos seus investimentos no exterior?

Abraços,

Investidor Inglês
3 anos atrás

Fala André!

Poxa, bater o IPCA +5 vai ser dureza hein? Por aqui, o rendimento anual está em 2,33%

Pensando aqui em mudar algumas coisas. Vamos ver.

Abraço!

Ana Paula
Ana Paula
3 anos atrás

Olá.

Vocês sabem dizer se é possível ter conta com investimento em diferentes robôs ao mesmo?
Teria alguma incompatibilidade?

Muito obrigada!

Deny Dias
3 anos atrás

André, muito obrigado por este artigo e por todo o conteúdo em seu blog. Sua produção é de excelente qualidade e com um excelente balanço entre técnica e didática. Parabéns! Faço meus investimentos através de uma corretora de banco digital. Minha carteira hoje é 48% RF, 29% FIM/FIRF e 23% RV. Comparando a rentabilidade da minha carteira com os resultados apresentados aqui (e devidamente checados nas corretoras mencionadas), notei o seguinte: hoje consumo muito horas e preciso lidar com várias dores de cabeça para gerir uma carteira que me fornece um rendimento apenas marginalmente superior ao da Monetus. Ao constatar… Leia mais »

Deny Dias
Reply to  André
2 anos atrás

Rapaz, agora foi eu que demorei pra responder! Peço desculpas pelo delay. Sim, concordo que o movimento foi ousado. Mas até o momento não me arrependi. O robozinho da Monetus tem dado conta do recado. Desde a migração completa, que concluí mês passado, já obtive um retorno de 10,37%, mesmo com os altos e baixos do período. Nada mal, mas nada mal mesmo para a quantidade de trabalho que economizei desde então! No entanto, a composição da carteira mudou radicalmente. Desde a migração ficou assim: 31% RF, 11% FIM/FIRF e 58% RV. Obviamente o risco aumentou, mas risco é aquela… Leia mais »

Deny Dias
Reply to  André
2 anos atrás

Oi, André! Ah, sim… risco não leva desaforo. Ou gerencia-se, ou estrumbica-se! Cada indivíduo tem o seu nível de tolerância a ele, né? O que esquecem é que risco em si não carrega valor, pode ser positivo ou negativo. O que a gente tenta fazer é maximizar o risco positivo e minimizar o negativo. As vezes funciona, as vezes não, mas quase sempre é uma relação de compromisso… pra aumentar o potencial do risco positivo, precisamos aceitar uma probabilidade maior de risco negativo. Você, na fase da fruição, pode ter uma maior aversão ao risco negativo, logo reduz a ocorrência… Leia mais »

Deny Dias
Reply to  André
2 anos atrás

Oi, André! Essa definição de risco é comum na gestão de projetos. Assim como você, eu também nunca vi essa definição sendo usada no contexto do mercado de capitais. Mas pra mim faz muito sentido aplicar este significado ao contexto do “projeto patrimônio em longo prazo”.

É… não acho que a Monetus escape da consolidação. Em termos de negócio, ela não tem nada de especial para que tome um caminho distinto dessa tendência.

Abraço e boas rentabilidades para nós! 😉

Guilherme
Guilherme
Reply to  Deny Dias
3 anos atrás

Deny, boa tarde!

Você está gostando da Monetus?
É que eu não entendi muito bem aquela taxa de 10% sobre o CDI.
Você está curtindo?
Estou bastante em dúvida sobre os três robôs, pois um amigo meu me indicou a Magnetis.

Deny Dias
Reply to  Guilherme
2 anos atrás

Oi, Guilherme! Desculpe a demora pra responder.

Veja a resposta que publiquei logo acima para o André. Tem uma rápida avaliação da minha satisfação com a Monetus. 😉

Quanto a taxa, funciona exatamente como o próprio André já mencionou na resposta dele para você.

Anônimo
Anônimo
3 anos atrás

Sugestão: faça um podcast, nem que seja apenas lendo os posts e interpretando os gráficos. O blog tem conteúdos muito interessantes. Mas, no dia a dia, parar para ler blog é complicado para muitas pessoas, como eu. Um podcast me permitiria acompanhar seu conteúdo no trânsito, nas tarefas de casa, etc. Irá atingir um público novo que, eventualmente, irá acessar o blog para verificar alguma informação que seja visual (gráficos, etc…). Considere com carinho esta sugestão. Cheguei aqui por meio do SrIF365. Abraços!

Felipe Damiani
Felipe Damiani
3 anos atrás

Olá André, uma dúvida, qual fonte voce utiliza para atualiza o IPCA? Eu pego pelo site do IBGE porém não bate com a sua tabela. Por exemplo, em junho no site consta 0,26% e somado ao 5%a.a., daria 0,68%, e já no seu gráfico está 0,45%.

E um outro dúvida, para chegar ao valor acumulado dos indices basta realizar a soma direta das porcentagens mensais? Pois não consegui chegar em tais valores utilizando os seus mesmos dados.

Obrigado

Last edited 3 anos atrás by Felipe Damiani
Anônimo
Anônimo
4 anos atrás

Bom dia André. Porque você recomenda fugir das COEs?

Anônimo
Anônimo
4 anos atrás

Acompanho mais de perto a Monetus e a Vérios. Pra mim, o grande diferencial da Monetus (em particular o FIA) são as lives com o gestor. Faz a gente ficar mais tranquilo quanto a estratégia utilizada na escolha das ações. Já a Vérios gosto da simplicidade, transparência e ser a única que não utiliza fundos. Você pensa em comparar a Vérios com renda variável no futuro?

Anônimo
Anônimo
Reply to  André
4 anos atrás

Eu gosto da transparência da Vérios de me dizer exatamente onde está meu dinheiro e o motivo, ponto. Na Monetus, até onde vi, isso só acontece no FIA, os outros fundos são mais “classicões” tendo outros fundos dentro e é um saco ter que ir naquele site da cvm ou ficar olhando o material de divulgação de cada um que geralmente são bem rasos. Pra mim isso é importante, se estou confiando em alguém pra cuidar do meu dinheiro, quero que essa pessoa me explique como está fazendo isso. Essa taxa do fundo selic é a cobrada pelo Tesouro Direto?… Leia mais »

Investidor Inglês
4 anos atrás

Fala André!
 
Gostei do resultado dos robôs. Em específico Monetus e Vérios. E interessante que mesmo a Monetus não tendo um percentual alto de renda variável (nenhum robô tem né), ele no acumulado vem batendo todo mundo tirando a vérios.
 
Já a Vérios, é uma grata surpresa (ou não? rs)
 
Abraço!

Marcelo Arantes
Marcelo Arantes
Reply to  Investidor Inglês
4 anos atrás

Surpresa? Eu sempre soube que eles tinham a estratégia mais consistente. O resto tomou risco pelo risco: sobe na alta, derrapa na baixa, sem uma diversificação inteligente.

O Engenheiro Investidor
4 anos atrás

Robôs são bastante interessantes o problema é que dificilmente são 100% automatizados. é preciso continuar saber fazer modificações constantemente

Mente Investidora
4 anos atrás

Ótimo post. Parabéns! No final das contas, os robôs ainda não entregaram resultado concreto após tanta propaganda.
 
Abraço.

Aposente Cedo
4 anos atrás

No fim, até o momento, um Tesouro Direto IPCA+ ia ter batido todo mundo! Rs
A importância de diversificar…
Obrigado pelo seu tempo de estudo, aplicação e compartilhamento conosco. Por favor continue a série, pois está muito interessante.

Abraço

O Engenheiro Investidor
4 anos atrás

Tive uma pequena experiência com robôs e não foi muito prazerosa. Aquela sensação de estar 100% automatizado parece não existir.

Anônimo
Anônimo
4 anos atrás

Quem quiser ver a rentabilidade da Vérios com renda variável, para uma comparação mais justa, pode ver no blog deles: https://verios.com.br/blog/rentabilidade-da-verios-no-primeiro-trimestre-de-2020/

Anônimo
Anônimo
Reply to  André
4 anos atrás

Depende. Você considera que todos os fundos de investimento são autocráticos? Ou neles o investidor pode customizar? Nenhum gestor deveria deixar os clientes tomarem risco sem controles ou limites. Acho que é uma postura boa.

Thiago
Thiago
Reply to  André
4 anos atrás

Acho que existe uma confusão entre o que a Vérios oferece e o que as outras gestoras oferecem. O que a Vérios oferece é justamente o que eles consideram a alocação ideal para um determinado nível de risco + o rebalanceamento automático. Se vc quiser alterar o primeiro não sobra quase nada, afinal os ativos (tesouro direto e etf) podem ser comprados em qualquer corretora e rebalancear nem é tão difícil assim. Acho até bem nobre a atitude de não aceitar clientes que não estejam alinhados com a visão deles, zero propaganda enganosa. O legal dessa comparação que vc está… Leia mais »

Thiago
Thiago
Reply to  André
4 anos atrás

André, entendi seu ponto, mas acho que vc está exigindo demais da Vérios, como se eles tivessem a obrigação de ser uma solução para 100% dos investimentos de toda e qualquer pessoa. Não acho que essa seja a proposta.

Fazendo uma comparação esdrúxula, é como se fosse um restaurante a la carte e um restaurante por kilo. Vc acharia um desrespeito um restaurante a la carte não ter uma opção por kilo? Pra mim são apenas propostas diferentes e cada um tem seu público, podendo até ter o mesmo cliente, mas em momentos diferentes.

Valeu e bom final de semana!

Bilionário do Zero
4 anos atrás

Março foi terrível para ações brasileiras.

Estou pensando que provavelmente a renda fixa vai se sair vencedora em um horizonte de 2 a 3 anos.

Vejo muita gente, inclusive eu, empolgado com os novos preços das ações, comprando mais… mas pode ser que o mais interessante seja um título IPCA+ ou até prefixados, 8% ao ano? O que você acha?

Donizete
Donizete
4 anos atrás

Começo de ano muito complicado, e infelizmente os “robos” estão patinando feio…. a Monetus na qual estou, esta deixando muito a desejar, apesar de mudar um pouco seu portfólio deste quando entrei ainda esta muito engessada, muito muito na expectativa de longo prazo… e de Robo não tem nada pq entrei com uma ideia de investimento que as ações da carteira mudariam constantemente em variações do mercado mais não é isto que estou vendo… para mim não é o que pensei que fosse que realmente algorítimos (rodos) trabalhassem para mudar a composição da carteira com a variações do mercado… Mais… Leia mais »

Ana Clara
Ana Clara
Reply to  Donizete
4 anos atrás

Pelo que vi no YouTube da Vérios, os clientes deles perderam menos, e também já recuperaram 100% das perdas. Achei excelente o desempenho, considerando o cenário difícil.

Stifler Pobre
4 anos atrás

Seria interessante colocar as taxas que cada uma cobra, mesmo que no texto está claro que os percentuais sejam liquidos (descontados taxas + impostos).

Donizete
Donizete
4 anos atrás

Olá André, Eu ainda continuo na Monetus e ate estou gostando pode se disser assim, apesar das muitas reclamações que fiz em insistirem em banco inter cvc com a desculpa de longo prazo rsrsr a cvc e a MDIA3 por exemplo -28% e -18% respectivamente em 1 ano … Mais está realmente mudando um pouco rebalanceando sua carteira, como foi bem colocado por você… Acho que deveria deixar de se apegar em uns papeis, que não saem por nada da carteira, mais em time que esta ganhando não se mexe (se isso pudesse ser aplicado no mundo de ações) O… Leia mais »

Bilionário do Zero
4 anos atrás

Olá, muito legal essa comparação entre as plataformas de investimento automatizadas, quero ver o resultado quando o mercado estiver em baixa.

Eu já pensei em utilizar o Warren um tempo atrás, porque conheço um dos sócios, mas como estou recomeçando do zero, e já tive uma boa experiência no mercado, preferi fazer minha própria gestão, até pra relembrar muitas coisas que eu já estava esquecendo.

Mas a ideia de terceirizar a gestão de uma parte da carteira acho que faz sentido, principalmente pra poder viajar e ficar alguns meses sem nem olhar pras contas, isso seria muito bom.

Abraço

Leo
Leo
4 anos atrás

Olá, André! Muito bom o novo layout! Bem mais limpo e fácil de navegar. Parabéns!!

Passados esses mais de 15 meses avaliando as plataformas, vc acredita que elas já estejam suficientemente maduras para alocar uma parte relevante do patrimônio?

Tenho considerado recomendar para pessoas que me pedem ajuda, mas possuem pouca afinidade com investimentos.

A Monetus além de ter dado um ótimo resultado até agora, me parece já estar bem sofisticada de acordo com o seu relato.

Obrigado!

Joelson Reis
Joelson Reis
4 anos atrás

De fato fiz uma boa em trocar de Warren por Monetus.

102
0
Por que não deixar seu comentário?x