Como foi a revisão de suas resoluções de ano-novo?


Aposto que você estabelece (ou já estabeleceu) resoluções de ano-novo!

Nesse ano será diferente?

Ou será diferente a forma de enfrentá-las e torná-las, enfim, realidade?


Então é Natal!

Pinheirinhos, luzes, presentes… Momento de encontro com família, de gulodices e, para deleite de alguns, de vestir roupas de Papai Noel.

Porém, entre essa data e a virada do ano, é comum que muitos sintam a pressão das expectativas não realizadas no período. Mais 12 meses se passaram na sua vida e, agora você tem um ano a menos com o qual você poderia contar para sua aposentadoria antecipada e independência financeira.

Se você fez promessas financeiras de ano-novo há 12 meses e percebe que não progrediu muito nos objetivos dados aos seus investimentos e sua conta bancária continua vazia, talvez esteja sofrendo algum estresse. Ou, ao menos, alguma decepção consigo mesmo.

Você cumpriu suas resoluções de ano-novo nesse ano?

Por que não cumprimos as resoluções de ano-novo?

Espero que você não culpe, entretanto, a criação das resoluções de ano-novo em si. Decidir mudar algo na sua vida e estabelecer metas não são o problema. Seria algo como quebrar o termômetro quando houver febre.

O que causa o estresse é transformar o hábito de quebrar promessas, em tradição. Parece que, de uma noite para outra, abandonamos o que estabelecemos outrora e criamos uma nova realidade. Ou, como diria T.S. Eliot:

As palavras do ano passado pertencem à linguagem do ano passado
E as palavras do próximo ano aguardam outra voz.
– T.S. Eliot

Você define a voz que o novo ano aguarda. Assim, o produto das promessas quebradas é simplesmente você. Reflita no que aconteceu no passado. Falta método? Estímulo? Razões profundas, talvez? Ou força de vontade? Ou falta, simplesmente, vergonha na cara?

Sabemos de nossa imperfeição. Não que isso seja totalmente ruim, mas aceitá-la é o primeiro passo para fazermos certo da próxima vez. Saber que estamos longe do que podemos ser pode ser um incentivo muito grande a melhorar e crescer sempre.

Para ser uma pessoa melhor, sob todos os aspectos, é necessária uma ampliação de sua zona de conforto. E isso não significa que seja difícil, embora possa ser estressante em algumas situações.

Como fazer certo da próxima vez?

As pessoas planejam sempre grandes mudanças na virada do ano. Sejam de maus hábitos como largar o cigarro, sejam melhorias na alimentação ou ainda, na implantação de uma rotina de exercícios. E, é claro, efetivar um método para ser livre financeiramente, visando sua independência das horas de trabalho.

No que poderíamos pensar para que as resoluções de ano-novo tornem-se realidade em um futuro próximo? Algumas ideias:

A energia inicial para mudar hábitos precisa de um catalisador: cumpra suas resoluções de ano-novo!
Crie catalisadores para diminuir a resistência em mudar seus hábitos
  1. Mudar hábitos é uma viagem lenta: uma resolução de ano-novo agressiva criará estresse desnecessário. A tendência é falhar e abandonar sua meta, pois a energia inicial para mudar hábitos, é alta. Assim como uma reação enzimática (veja acima), precisamos de catalisadores para superar a resistência inicial.

    Não existe fórmula rápida para o sucesso: acostume-se com uma mudança consistente e não linear. Se você é um investidor em renda variável, sabe que uma rentabilidade positiva no tempo não ocorre sem quedas anteriores. Os ritmos de nossa respiração e de nosso coração têm ondas e intervalos; os ritmos da vida não são lineares. Seu sucesso também não o será.

  2. Não estabeleça metas para agradar os outros: a pressão dos colegas é mais forte do que pensamos. Não é difícil ser prejudicado pelas expectativas de outras pessoas. Cuidado com a vergonha de não ser o que os outros esperam: suas definições de sucesso podem não ser as mesmas que as suas.

    Evite essas ciladas. Defina metas que sejam significativas para você
    Pare de buscar soluções externas e use esse tempo compreendendo mais a si mesmo, entendendo suas próprias ambições, fraquezas e fortalezas. Aceite quem você é e faça as modificações necessárias. Com mais razão e menos emoção.

  3. Persiga um modelo mental de aprendizado constante: as resoluções de ano-novo possuem muitas incertezas. Sabemos o que queremos, mas não sabemos como colocá-las em prática corretamente. Você pode desejar começar a criar sua própria carteira de investimentos, mas sentir-se inseguro no começo. Isso pode ser assustador.

    Suas habilidades não são as mesmas de quem já domina o assunto. Adote uma mente de aprendizado para fugir dessa desmotivação inicial. Imagine-se como uma tela em branco, onde cada pincelada de conhecimento tornará você mais próximo de suas metas.

  4. Grandes objetivos devem ser divididos em etapas: seu objetivo deve ter o tamanho máximo que permita que você o inicie sem traumas. Se você sentir-se paralisado, quebre-o em partes menores.

    Se você deseja possuir uma carteira de ações diversificada e leu em algum lugar que o ideal é ter ao menos umas 20 ações para correr menos riscos, não pense em comprá-las todas de uma vez. Divida a meta e compre uma mensalmente: é algo mais fácil de digerir e realizar. E, no seu tempo, você terá mais oportunidades de estudar as melhores empresas e fazer excelentes negócios.

  5. Defina o que é importante: se tudo quer, não terá, ao fim, nada. Muitos objetivos podem ser tão prejudiciais quanto nenhum. Nas resoluções de ano-novo, tudo é preenchido com esperança e alguma magia. Deixar-se influenciar pelo clima, porém, pode ser um passo definitivo para o fracasso. Foque no que realmente interessa a você.

    A falsa crença de que viveremos para sempre é um dos motivos pelos quais somos tão susceptíveis a desperdiçar nosso tempo. Quando você aceita a finitude da vida, fica mais fácil se concentrar no que realmente importa em sua vida. 

  6. Acompanhe o progresso e ajuste: você precisa acompanhar sua meta para saber se está avançando. Não tenha medo do fracasso. Se for prudentemente compassivo consigo mesmo, isso não afetará seu compromisso.

    Se não bateu suas metas em um mês, esforce-se mais no mês seguinte. A flexibilidade é importante, desde que ela não prejudique sua determinação no objetivo final. Ser excessivamente duro, por outro lado, pode prejudicar sua disposição no futuro. Não confunda uma pequena falha com o não atingimento de seu propósito maior.

O auto-aperfeiçoamento é uma jornada para a vida inteira

Nessa jornada de mudanças, nunca se esqueça de sempre aceitar a responsabilidade por seu comportamento. Procure compreender o que está acontecendo sem culpar os outros ou justificar suas más ações. Pedir ajuda e compartilhar suas metas com alguém de confiança pode ajudar a motivação e a evitar falsos julgamentos.

Lembre-se que você não precisa esperar a segunda-feira ou o mês de janeiro para começar a poupar e investir em sua carteira de investimentos. Por causa dos juros compostos, no ramo financeiro a verdade de que, quanto mais cedo você começar, maiores serão suas chances de sucesso, é intensa.

Todo dia é perfeito para iniciar novos projetos e resoluções para melhorar sua vida. Guiar-se somente pelo calendário é uma armadilha da postergação. Fazer as resoluções de ano-novo tornarem-se realidade é conscientizar-se de que fazer um ano novo, depende somente da gente. Ou como dizia o poeta Drummond:

Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.

A todos os leitores que ajudam a prestigiar esse blog, desejo um excelente Natal e um incrível Ano-Novo!

Irei, até o final do ano, continuar atualizando conteúdos antigos e adaptando-os à atualização do WordPress e voltarei no ano que vem com textos novos! Grande abraço!

0 0 vote
O texto foi bom para você?
Assine para receber as respostas em seu e-mail!
Notifique-me a
guest
6 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Bilionário do Zero
11 meses atrás

Olá VL!

EU acredito muito em fazer metas e acompanhar o progresso, dá uma grande satisfação e aumenta nossa motivação quando conseguimos atingir os objetivos.
Para o ano que vem vou ajustar minhas metas para cima, acho que foi bom eu ter feito metas pequenas para esse ano, ainda estou desenvolvendo a disciplina e o hábito de investir.

Feliz Natal e próspero ano novo pra você também!!
https://bilionariodozero.blogspot.com/

Adriana
Adriana
11 meses atrás

Texto muito gostoso de ler e refletit!parabéns! Que venham mais textos assim em 2020.

Sr Foda Los Cost
Sr Foda Los Cost
Reply to  Adriana
11 meses atrás

Obrigado pelo incentivo, estou no caminho certo. Acompanho seu blog, já faz alguns anos, já atingi a IF e agora estou rumo a LF. Obrigado poe compartilhar suas experiências. Forte abraço.

Acompanhe:
6
0
Por que não deixar seu comentário?x
()
x