Apresentação do blog – Post zero!

Caros leitores, esse é o post inicial nessa tentativa de publicação de um blog relacionado a uma viagem que inicio na próxima segunda-feira, dia 10 de dezembro de 2012. O segundo post mostrará o roteiro de forma geral e posteriormente vou detalhando um pouco mais os passeios.

Montei o blog com a ajuda de algumas pessoas mais próximas que me forneceram opiniões em relação a alguns modelos. A todas elas, agradeço muito. De qualquer forma, não tenho muitos conhecimentos de informática e assim, podem existir alguns probleminhas técnicos. Um conhecido ocorre no navegador Internet Explorer que ainda não foi atualizado com o Service Pack. A imagem do cabeçalho aparece mas não se mantém, deixando um fundo preto. Infelizmente, não sei como arrumar isso. Os navegadores Chrome e Firefox funcionam perfeitamente. Caso encontrem algum outro problema, agradeço muito a manifestação.

Blog Viagem Lenta - o início

Aliás, a manifestação é livre nas páginas e nos posts do blog. Opiniões, apoios, críticas e quaisquer comentários serão muito bem vindos e ajudarão a deixar o blog melhor para os leitores. O espaço de comentários é aberto, não exige identificação e não tem que ficar digitando senhas provando que você não é um robô…

A apresentação de fotos na coluna da direita tem como objetivo mostrar as últimas fotos tiradas durante a viagem, pois será impossível colocá-las nos posts, pois aumentariam muito o tempo de carregamento da página, além de ficar cansativa a longa rolagem de cursor. Até que eu as poste, deixei passando algumas fotos antigas nos álbuns do Picasa.

Uma facilidade é seguir o blog através de seu email: existe um campo logo no início da coluna para inseri-lo. Você pode assiná-lo por RSS se preferir, ou pelas redes sociais, pois irei através delas comunicar os novos posts.

Sobre o motivo do título do blog, escrevi um pequeno texto na aba “Dança Lenta” do menu superior. Pode ser acessado também aqui. O texto sobre seus objetivos, está na aba “Sobre o blog” do menu superior, e pode ser acessado aqui.

Os relatos da viagem

O blog possui o intuito primário é ser um auxílio para pessoas interessadas em empreender as viagens aqui realizadas. Assim, vou postar muitas informações visando a esse público. Porém, para tornar a leitura agradável e mais objetiva, não vou carregá-los com informações turísticas – muitos sites já fazem muito bem esse trabalho. E o maior foco, como comentei posteriormente no post Turismo de culpa: as garras…”, não será nos locais em si, mas sim o que eles representam para a história, para o povo e cultura do país ou do mundo.

Além disso, para não deixar os posts longos e cansativos, não focarei em custos, principalmente de hospedagens ou alimentação, pois a maioria deles depende da exigência de cada viajante. Mas poderei comentar algum preço interessante ou excelentes custos-benefícios que encontrei, para que possam ser copiados posteriormente. Preços fixos de alguns serviços pretendo colocá-los, para um melhor planejamento dos futuros viajantes. E, pelo mesmo motivo de fluência, estórias particulares só serão comentadas se estiverem muito relacionadas à viagem. Não, isso não será um diário rs 🙂

Por fim, as fotos que geram as maiores expectativas… Vou colocar nos posts apenas as que estejam diretamente relacionadas ao relato, de forma que a página não fique muito carregada e a leitura seja mais agradável. As demais, colocarei no álbum PICASA, que pode ser acessado na coluna da direita, no gadget “Últimas fotos”. A postagens das fotos pode ter um delay em relação aos posts, pois costumamos tirar muitas e ver depois o que prestou. Vou colocar na rede só o que prestou… Ah, e os profissionais que me perdoem, mas nunca fui um bom fotógrafo… Aceito sugestões de melhoria 🙂

P.S.: Uma seleção das melhores fotos estará disponível no Pinterest.

Bem, é isso. Espero que gostem! Obrigado!

0 0 vote
O texto foi bom para você?
Assine
Notifique-me a
guest
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
vanessa
7 anos atrás

Eu li uma vez uma citação do Amyr Klink, que diz: “Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não… Leia mais »

André Rezende Azevedo
7 anos atrás

Sim Vanessa, conhecer e reconhecer o que não temos ou sentimos, nos torna humildes a abrir as portas para aprendermos cada vez mais!

Priscilla Leme
Priscilla Leme
7 anos atrás

Adorei os detalhes dos navegadores…. kkkkkk
só vc mesmo, super atento a tudo!
Muito show! Venho lendo com calma alguns posts, demorei pra chegar até aqui. rs

Bjs te cuida garoto!

André Rezende Azevedo
7 anos atrás

Haha! É que uma pessoa que usa Internet Explorer me alertou que não conseguia ver as fotos. Q partir daí que percebi.

Espero que aprecie o blog! Bjus, Pri!!!

Acompanhe:
4
0
Por que não deixar seu comentário?x
()
x