Gerenciamento de riscos

As disrupturas que podem influenciar excelentes ações e FIIs

Vamos brincar um pouco de futurologia e pensar quais são as ameaças de longo prazo que podem afetar as empresas e fundos imobiliários de nossa carteira de investimentos?

O futuro próximo, como eleições ou cenários políticos, quebra de ciclos de commodities ou efeitos de legislação é relativamente fácil de prever.

Como lidar e avaliar disrupturas no campo da economia, costumes e tecnologia para um período mais extenso?

Investir com segurança: os riscos que você pode (e deve) controlar

Quando decidimos investir em um ativo, estamos, ao final, analisando quais a melhor relação de retornos e riscos para o nosso dinheiro.

O equilíbrio entre a rentabilidade e a segurança é fundamental na atração de bons papéis para compor adequadamente nossa carteira de investimentos.

Infelizmente, não é possível dominar todos os fatores que nos levam ao sucesso ou ao fracasso nas operações financeiras. Mas há alguns que são passíveis de controle e poderão ser determinantes para o sucesso de nosso portfólio a longo prazo.

Indicadores fundamentalistas e rebalanceamento de ativos no gerenciamento de riscos

Você confia plenamente no estudo dos indicadores fundamentalistas de seus ativos de renda variável?

Você acredita que essa convicção pode desconsiderar cisnes negros e muito menos, prever o futuro?

Veja porque o rebalanceamento de ativos é melhor para você gerenciar os riscos da análise fundamentalista.

Acompanhe: